segunda-feira, 27 de março de 2017

"Sun Kisses" de Lynda Beaver: a celebração da diferença e do amor incondicional de mãe



"Sun Kisses" foi-me cedido pela BookTasters e pela autora, Lynda Beaver ,  para que eu fizesse uma apreciação honesta deste livro. Não há de momento edição em português. Publiquei a minha opinião na Amazon e no Goodreads com 5/5 estrelas e a seguinte "review":


"A beautiful allegory of mother’s love and the celebration of one’s singularity
This book has poetry, it touches us with a story about the beautiful, inspiring and unconditional love felt between mother and daughter.
There’s an allegory between the love of the Sun, this huge and powerful star, and a mother's love. And through this allegory Emily’s freckles are no longer a source of shame but the signs of love and a reason to be proud.
Emily represents all children who struggle with self-esteem issues and with the cruel comments of other kids. This is a book about self-acceptance that helps children grow up with self-esteem and the certainty that they are special and loved. We also learn that storytelling can have a healing ability.
The illustrations have soft, beautiful colours and the images express well the characters emotions, being a fine complement to the text".

sexta-feira, 24 de março de 2017

"Amarguinha tem um irmão" de Tiago Rebelo e Danuta Wojciechowska



Amarguinha tem um irmão é o segundo livro da sério “Amarguinha”, a menina com grandes olhos castanhos e que não gosta de doces, daí o seu nome. Este livro aborda o tema da chegada de um irmão, quando as crianças são filhas únicas.

Amarguinha faz 9 anos e recebe a noticia que vai ter um irmão! A mãe preparou um lanche para ela festejar o aniversário com os seus dois melhores amigos, Branca e Martinho. Mas há mais surpresas, uma bicicleta linda com campainha e tudo! Quando Amarguinha pensava que já não haveria mais presentes, recebeu o melhor de todos: ia ter um irmão!

Os meses foram passando e a ansiedade de Amarguinha crescia. Até que chegou o grande dia e Miguelinho nasceu. Amarguinha sentiu-se a menina mais feliz do mundo, pois agora teria alguém com quem partilhar as brincadeiras. 

Tiago Rebelo é um escritor que nos faz procurar compreender quem somos através das suas histórias empolgantes e das suas personagens consistentes. Com mais de uma década de produção literária recheada de êxitos, é um dos autores preferidos do público português. 


As ilustrações estão a cargo de Danuta Wojciechowska.

domingo, 19 de março de 2017

"Meet the Imaginative Joe Dreamer": um livro para crianças sobre o poder da imaginação infantil




"Meet the Imaginative Joe Dreamer" foi-me cedido pela BookTasters e pela autora, Karlene Stewart,  para que eu fizesse uma apreciação honesta deste livro. Não há de momento edição em português. Publiquei a minha opinião na Amazon e no Goodreads com 4/5 estrelas e a seguinte "review":

Little Joe is 5 years old, lives with his parents in the Cayman Islands and loves to draw and paint. He also loves to imagine that his drawings are real. I like the fact that Joe’s parents clearly encourage their child to express himself through his “artistic” creations, which are so important for the development of children his age. Joe is a loved and happy boy. When faced with a bad day, Joe attempts immediately to, with his innocence and positive attitude, change the situation with the most precious resource he has: a child’s imagination.

The illustrations are full of vibrant, bright colors that recall us of the joyful days of Summer and happy kids drawings.

By reading this book, children will have greater confidence in their ability to change the world through the magic of their imagination and creativity.

As a librarian in a library specialized in children’s rights, reading this story reminded me immediatly of the Convention on the Rights of the Child, Article 13:

“1. The child shall have the right to freedom of expression; This right shall include freedom to seek, receive and impart information and ideas of all kinds, regardless of frontiers, either orally, in writing or in print, in the form of art, or through any other media of the child's choice”. (UNICEF)

This book talks about this children’s right in a simple, innocent, cheerful and loving way.


Gostei de ler este livro. Transmite às crianças a confiança de que elas conseguem resolver os problemas que surgirem através dos seus próprios meios, da sua imaginação e criatividade. As ilustrações são solarengas. :) 

terça-feira, 14 de março de 2017

Uma quadra deliciosa sobre o privilégio de ter uma mãe que lê histórias


Dave Bentley


“You may have tangible wealth untold.
Caskets of jewels and coffers of gold.
Richer than I you can never be,
I had a mother who read to me.”

Strickland Gillilan

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...